Sexos

I

Por entre dunas incertas
o horizonte dos sexos
perpetua o êxtase.

Buscando explicações
caminhei desde a infância
até ser possuído pelo prazer
em primeira instância das mulheres.

Nada é mais importante.
A raiva, o cuidado, a loucura.
Tudo passa por essa trilha que paira
em zonas de hálito quente.

Mesmo em esquinas sujas,
onde encontros furtivos
decantam lágrimas,
elas seguirão indivisas
em busca do ouro cruel.

Encrustado nas pedras
de jóias antigas, ele é o adorno
de clavículas ingênuas, pois
é na pele prensada pelo tempo
que o segredo subsiste.

Elas viram o queríamos
e era tão pouco. A conquista é
nosso dom. Sem isso estamos
inférteis e condenados.

1 tomar o território, 2 romper fibras
nutridas por outros. Mastigo, bebo
e cuspo o suco do levante
no rosto dos fracos.

Há um embate e duas vitórias.
Elas sabem, eu sei. Precisamos vencer
sabendo quem somos, sob o risco de
bradar a derrota.

Essa lama nos pertence,
seguiremos cruzando juntos
as gotas em confronto
abaixo da cintura.

Anúncios